22 de jun de 2009

Viver e não ter a vergonha de ser FELIZ

"Viver e não tenha a vergonha de ser feliz Cantar (e cantar e cantar) a beleza de ser um eterno aprendiz Ah meu Deus! Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será mas isso não impede que eu repita é bonita, é bonita e é bonita”. (Gonzaguinha).



É engraçado como sabemos e concordamos com tudo que está escrito acima, mas é incrível como temos dificuldade de “viver e não ter a vergonha de ser feliz”.
Você consegue ser feliz sem dar ouvidos ao que os outros possam pensar ou dizer sobre você, se isso e certo ou errado para os outros?
Já reparou como, às vezes, damos poder ao outro?
Poder de nos machucar, de nos maltratar, de nos colocar para baixo, de dizer o que não merecemos ouvir, de definir o que não somos...
Por mais que saibamos que não devemos deixar esse tipo de coisa e de pessoa nos atingir, sempre escorregamos e caímos nessas armadilhas.
Por que somos tão vulneráveis?
Por que a opinião alheia nos afeta mesmo quando temos certeza que não somos o que dizem?

“Se alguém chega até você com um presente e você não aceita,
a quem pertence o presente? - perguntou o Samurai. A quem tentou entregá-lo. - respondeu um dos discípulos. O mesmo vale para a inveja, a raiva, e os insultos - disse o mestre. Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo. A sua paz interior depende, exclusivamente, de você. As pessoas não podem lhe tirar a calma, só se você permitir.”

Agora o outro lado da moeda! Por que temos dificuldade de acreditar nos elogios? Por que temos medo de acreditar nas coisas boas que ouvimos sobre nós mesmos? Por que ficamos desconfiados? Será que é vocação para sofrer, para ser vítima, para ser o coitadinho incompreendido ou é só loucura? Nós somos difíceis, hein? Se nos detonam, reclamamos, choramos, sofremos, já que quando nos elogiam não acredita confuso não? Que baixa estima é essa? Apesar dos defeitos, temos muitas coisas boas, sim! Temos muitas qualidades, sim! Temos de ser felizes, sim! E não podemos ter vergonha disso, não! A vida é linda e deve ser vivida plenamente!




• Copyright © 2009 – Todos os direitos reservados

Aline Lopes

4 Pensamentos que são seus:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Uoou! É isso mesmo!

Eu sou um ser completamente estranho... as vezes ouço, as vezes não! Sempre me preocupo sim com que os outros pensam porque as vezes o modo como eu me porto, me visto, falo, ando pode definir uma vaga de emprego por exemplo! É uma questão meio complexa! Rsrs' Agora aqueles comentários esgruchulos que ouvimos de pessoas sem opinião.. ;D Esse daí agente ignora facim facim.. Rsrs'

Sobre elogios.. acho que todo mundo tem disso.. ficar sem graça.. sem jeito por ouvir aquilo! ><

Tenha uma ótima semana! **

;*

Youko Watanabe disse...

Verdade Aline, tudo verdade. É preciso se permitir receber um elogio e saber guardar a paz sem deixar que nada nos atinja.

Beijos

Tataahzinha disse...

Eu concordo plenamente!
Só tiram nossa paz se nós permitirmos.. e isto já nos abre portas para sermos felizes acima de tudo, sem vergonha de nada!

Fácil na teoria, difícil na prática.. mas não impossível.
beijinhos!

T i e l l y*** disse...

Shoow esse teu post!!!
realmente sempre temos dificuldade para acreditar em elogios. Deviamos destravar o pensamento da negatividade, e ter mais alto-estima. mas o ser humano teima na desconfiança.
bjoos!