18 de nov de 2009

Recordações


Às vezes me pego olhando para o horizonte, e nada vejo, sem ter nada para sentir, sem nada em que sonhar apenas olho e vejo o reflexo de mim mesma no espelho, e o horizonte cheio de nada a minha frente, cheio de tudo...
Hoje meu dia e só saudade, saudade de um tempo que já se foi e apenas no passado ficara ou pelo menos assim deveria ser, mas não e bem assim que as coisas acontecem, ele se faz presente todos os dia, quando o que eu mais quero e apagar de minha mente tudo que um dia foi jurado, prometido e não comprido.
Hoje os momentos passados se tornam mais presentes, as confidencias trocadas, os sorrisos que pareciam trazer aquela felicidade eterna, os olhares que dizem mais que palavras. Mais tudo em vão, por que se fosse real, se fosse verdadeiro, então deveria estar presente, não apenas em pensamentos, mais presente em corpo e alma, e se assim não pode ser, de outro jeito não deveria acontecer.
Gestos trocados com ternura, algo único que jamais se esquece. Tudo ficou num passado que agora parece tão distante, mas não é assim tão distante. A nossa mente é que vive intensamente cada segundo como se fosse o último. Agora recordo com saudades de você que foi embora quando eu mais precisei.
Apenas deixei o rastro de sentimentos, pegadas que formavam um caminho, um caminho com medo de escrever sobre algo, alguém... Ou apenas de ti!
E a vida se resume a isso, uma mensagem, uma ideia, sobre algo, alguém que nos marcou e nos marcará para sempre. Alguém que entra em nossas vidas, sem nos darmos conta, e logo se instala, se acomoda, e não se pode mais voltar. E quando percebemos a única coisa que queremos e que aquele momento dure, se eternize, não apenas em pensamentos, mais que seja eterno, e que aquela felicidade seja simplesmente o motivo de todos os sorrisos, seja a razão de uma vida.
E o que começou com um gesto de ternura se vai com a firmeza de um olhar.
E hoje esta longe de mim, mas perto do meu coração e assim permanecerá alguém que jamais esquecerei alguém que fez a minha vida se iluminar, fazendo dela um sorriso eterno!




“Ser amigo não se explica, simplesmente existe.
Deixo aqui à dor, a saudade, a tristeza aos:
Amigos que perdi.

Deixo também, a alegria, o prazer aos:
Amigos que hoje fazem parte da minha vida.”




Aline Lopes