23 de mar de 2009

Acredita em amor eterno?



"Romeu e Julieta" são símbolos do amor eterno. William Shakespeare era sábio, tornou um romance como nos contos de fada. Sabia que na realidade não era bem assim.
Mais que sonhar é idealizar um amor perfeito faz muito bem ao coração...
Desde pequena sempre ouvia falar da historia linda de amor entre Romeu e Julieta, onde o amor vence todos, mesmo que de uma forma trágica, algumas pessoas costumam idealizar o amor assim, como uma coisa tão pura capaz de superar tudo e todos capaz de lutar até o fim por esse amor, e quando não houver mais esperanças morrer por esse amor...
Quem nunca sonhou em um dia ter um Romeu em sua vida, ou pelo menos serem amadas como Julita foi.
Mais eu sempre vi as coisas de uma outra forma, nunca idealizei um amor como o de “Romeu e Julieta”, não acredito que o amor seja eterno, mais acredito que ele pode ser eterno por um tempo indeterminado.
Pra mim ela foi apenas uma idiota que se envolveu com a pessoa errada e teve que pagar por esse erro com a própria vida.
Pra começar ela se apaixona pelo único garoto que ela não pode ter, e depois culpa o destino por sua própria péssima escolha.
As pessoas sempre tentam explicar que quando o destino interfere, nossas escolhas às vezes saem pelas tangentes.
Eu sempre disse que quando eu crescesse, eu tomaria o meu destino em minhas próprias mãos, não deixaria que nenhum cara me fizesse sofrer, coisa essa que é praticamente impossível de acontecer, todos um dia iram sofrer por amor, inevitável e muito cruel também.
E sempre ouvia a mesma coisa, de que eu seria muito sortuda se tivesse uma paixão assim com alguém, e que se um dia sentisse isso, ficaria junto a meu “Romeu” para sempre.
Até hoje acredito que, em geral, o amor e uma questão de escolha.
Trata-se de deixar de lado o veneno e o punhal e fazer o seu próprio final feliz, na maioria das vezes.
E que, ás vezes, apesar de ter feito as melhores escolhas, e ter tido as melhores interpretações, o destino termina vencendo, acabamos por assim dizer escolhendo a pessoa errada que “de repente não mais que de repente” se torna a pessoas mais importante de novas vidas.
É a partir desse momento fica quase impossível imaginar a nossa vida sem o tão sonhado “Romeu”.
Essa é a nossa realidade.. Nossos tempos. Os cantos de fadas não existem mais e ninguém vive ou morre por amor.
Eles não tiveram oportunidade de viver pra contar a historia da relação. Será que seriam tão perfeitos? Acho que não. Que casal hoje e perfeito?
Quer uma historia de amor verdadeiro?
Pergunte a quem esta casado a mais de 50 anos, isso sim e uma verdadeira historia, talvez não faça você chorar mais com certeza terá mais verdades e mais motivos para dizer aos quatro ventos que eles sim morreriam por amor, por que eles viveram pra saber que valeria a pena, ou não...


E que venha o meu “Romeu”... Quem sabe um dia não me torna uma “Julieta”. =D.


“Ainda que eu falasse a língua dos homens, e falasse a língua do anjos, sem amor, eu nada seria...
É só o amor, é só o amor que conhece o que é verdade, o amor é bom, não quer o mal não sente inveja ou se envaidece...
O amor é o fogo que arde sem se ver, é ferida que dói é não se sente, é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer...” (Renato Russo (recortes do Apóstolo Paulo e de Camões)



• Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados
Aline Lopes.

12 de mar de 2009

Realizando sonhos...


Decidi que já estava na hora de ir realizando os sonhos mais simples na vida, os que estão ao alcance das minhas possibilidades.
Pois bem, todos temos sonhos, alguns sonhos ficam pra trás, as circunstancias da vida nos fazem esquecer de buscar e ir a luta por esses sonhos, existem alguns fracassos, mais se pararmos para analisar as pessoas mais vencedoras que já existiram, que realmente merecem levar um premio por terem chegado onde chegaram, que nunca desistiram de lutar, foram justamente aquelas que mais sofreram, justo ou injustamente por acreditarem em seus sonhos que aos olhos dos outros eram “IMPOSSIVEIS”.
Quem nunca ouviu falar sobre Abraham Lincoln, quer exemplo de persistência mais eficaz que esse. Confesso que eu no lugar dele não teria insistindo mais que duas vezes, se já não bastasse o preconceito por si próprio, ainda tinha que ouvir de todos, inclusive das pessoas que ele julgava amar dizer que ele não conseguiria, que ele nunca seria capaz, e para mostrar ao mundo e a todos que ainda estariam por vim ele não so tentou mais sim, ele conseguiu, o sonho tão almejado chegou e por fim ele sentiu o gosto de ser quem ele sempre desejou ser.
Então pensamos será que devo tentar e buscar ter meus sonhos realizados?!?
O que dizer de Beethoven. Ter o seu dom, aquilo que dava alegria, que era o seu chão, se esvair dentre seus dedos sem que ele pudesse impedir, e mesmo assim encontrar forças para seguir, sendo mais que um exemplo, um herói, não um herói comum, mais sim um que teve que lutar contra si proprio e suas limitações, que para alguns seria so mais um motivo para desistir de tudo e ainda se fazer de vitima perante as adversidades.
Nem preciso mencionar Jesus Cristo, esse superou todos e tudo, por um único ideal, por algo maior, por amar a todos nos, amor esse incondicional e irrevogável.
E hoje estamos aqui, graças a um amor maior, um amor sublime, um amor que vai alem de todas as cresças, um amor capaz de mover montanhas, que alcança até os corações mais duros.
E por esses e por outros motivos digo.
Hoje vou a luta não importa se eu terei que tentar por 50 vezes, mesmo que me falte o ar, mesmo que ninguém acredite em mim, eu estarei lá, irei até o fim, sei que muitos não torcem por mim, muitos riem por achar bobagem, mais eu sei que posso, sei que irei conseguir... Aguardem e confiem!
Nossa vida só tem sentido se tivermos algo a alcançar, uma meta a atingir, um sonho para sonhar. Concorda?! Que sonhos você já viveu?


"Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Más há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isso não tem importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado. (William Shakespeare)

• Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados
Aline Lopes.