21 de jan de 2009

Hoje eu acordei pensando em VOCÊ...


Hoje acordei com cedo de mudança, sinto e preciso mudar algo na minha vida, reinventar, criar, fazer algo jamais feito, ir além do infinito, explorar sentimentos novos...
Vou começar do zero, mais farei tudo em passos lendo, sem presa, só assim você poderá me seguir, e assim tudo fará sentido, só assim terei motivos pra seguir...
Quero sentir esse traiçoeiro amor brotar novamente no meu peito, quero viver por um ideal, sorrir ao te ver, me sentir realizada com as suas realizações, e dessa forma estarei feliz e plenamente realizada...
Quero crescer, mais sem deixar que a criança que existe dentro de mim morrer, momentos sérios são necessários, mais e preciso brincar, pular, gritar, dançar na chuva e correr com o vento, sei que no final do arco-íris sempre tem um presente, presente esse que rezo todos os dias pra ser VOCÊ...Nunca estive tão certo de algo como estou certa que e você, tem que ser você... Engraçado como passamos à vida inteira em busca de algo, muitas vezes sem saber o que procurar e quando isso acontece nos deixa paralisados... E agora, o que fazer?
O medo de errar e deixar essa chance única escapar me faz agir assim, me faz renegar aquilo que tanto procurava, me faz errar e perder a única chance, aquela chance que eu preciso pra seguir em frente... Mais vou conseguir por você eu sei que vou...


[...] Sei o que eu posso e o que eu não posso. E eu sei que posso converter essa situação, só não sei como....


• Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados
Aline Lopes.

13 de jan de 2009

Um novo começo...


Nesta vida nem tudo acontece na hora em que queremos no momento em que dizemos estar preparados… As coisas REALMENTE acontecem quando tem que acontecer, claro temos que lutar, batalhar para que elas aconteçam, mas na hora certa... Só temos que ter calma e não desistir, afinal todos um dia teremos um final feliz… e acho que finalmente o meu esta chegando…
Depois de um ano confuso e conturbado, de tanto sofrimentos e de tanta desilusão, parece que chegou finalmente a bonança na minha vida e com ela dias de felicidade e calmaria. Foram dias de muitas tristezas, às vezes cheguei a pensar que a dor seria demais que eu não suportaria sofrer como eu sofri, continuo achando que certas coisas deveriam ter ficado escondidas, certas verdades eu preferia não ter escutado, mais o que passou, passou e não volta.
Mais agora sem lamentações estamos aqui para o que der e vier, e nada melhor do que uma boa batalha.
O que seria da vida sem altos e baixos?Depois de tantas mais uma não me irá derrubar, e mesmo que isso aconteça enfrentarei com força e coragem em busca da minha tão sonhada FELICIDADE, que hoje vejo esta mais perto do que eu pensei.Na realidade preferia não ter de passar por tudo isso novamente, mas vamos ver como as coisas vão correr e se desenrolar,
Com o tempo vamos aprendendo várias coisas entre elas a dar valor ás menores coisas, e a saborear, momentos de felicidade e de companheirismo, e é isso que eu que estou buscando neste momento, saborear as pequenas coisas da vidas, os momentos passados a dois e principalmente a três.


Viver, viver e viver só isso que tenho a fazer...
Eu quero viver a minha vida.
Eu quero conhecer pessoas,
Eu quero me divertir,
Eu quero me apaixonar todos os dias,
Eu quero...
Eu quero...
So isso que eu quero...
Ser FELIZZZ...


“Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, perdas e frustrações. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.”
Augusto Cury

• Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados
Aline Lopes.

5 de jan de 2009

Momento de sonhar...


Ehh mais um ano que se inicia e com ele novos sonhos, novas metas, novas decepções, novas tristezas, novas alegrias, pessoas novas entrando em nossas vidas e pessoas antigas nos deixando... Isso tudo e ruim? Talvez... Mais o que posso fazer? Afinal o mundo não para... continua sempre girando e girando...
2008 foi um ano extremamente difícil pra mim, conheci verdadeiramente as pessoas que estavam ao meu lado e isso doeu me machucou muito, posso dizer que ainda dói, que a dor não passou, continua firme, descobrir que por maior que seja o meu amor não posso salvar o mundo nem muito menos mudar as pessoas, cada um tem o seu jeito de encarar a vida e eu tenho que aceitar isso, que amizade verdadeiro são poucas e raras... Dificilmente podemos confiar inteiramente em alguém sem me machucar, que o amor e lindo o sentimento mais puro que existe mais que nem todos merecem esse amor, não que devemos nos privar de amar, isso sim seria um erro, mais amar com cautela e não entrar de cabeça porque no final alguém tem que sofrer e desse vez não serei eu.
Mais 2008 também foi um ano de realizações, a solidão me fez ver com mais clareza a minha vida, acho que já me conheço um pouco melhor, sei que por mais que eu quebre a cabeça continuo com o coração mole como manteiga... E o amor, esse que em todo o ano reclamei por não ter, esteve o tempo todo ao meu lado, eu que não consegui enxergar, o amor pode vim de varias formas e eu hoje posso agradecer pelas maravilhosas benções que eu recebi nesse ano que se vai, continuo achando que sofri demais talvez eu não merecesse tudo que aconteceu, mais vou fazer o que? O que passou, passou e não volta mais...


Adeus ano velho
Feliz ano novo...

• Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados
Aline Lopes.